Mostrando postagens com marcador . Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador . Mostrar todas as postagens

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Ecumenismo, a Verdade

Não muito antigamente, o ecumenismo era uma ferramenta neutra de diálogo entre as religiões cristãs para mútuo respeito baseado em conhecimento de cada qual, sem entretanto afetar seus preceitos e seus rumos. Porém, nos dias de hoje, embasados no moderno humanismo, o ecumenismo ganhou uma roupagem totalmente nova ao ponto de ser irreconhecível. A verdade atual é só uma, a saber, a tentativa de convergência de todas as religiões cristãs e não cristãs na busca de um ponto em comum que as torne única no sentido de tanto faz esta como aquela. E isso é inteligência quadrúmana, ou seja, é como um macaco tentando colocar uma peça redonda dentro de um buraco quadrado. Há nisso evidência de uma crassa miopia cognitiva ou desvio de caráter por parte especialmente daqueles que deveriam defender a fé Católica contra as investidas do comunismo e da ONU, entretanto são tão mais estúpidos quanto um primata, pois, em vez de almejarem a riqueza de um firme trono ao lado de Cristo, buscam disputar entre si a miséria de uma efêmera cadeira na ONU. Os mais humildes deles, buscam os aplausos de uma sociedade falida moralmente e assim, inferior à eles. Conseguir aplausos dos imbecis é mais fácil de que cativar Cristo, pois então, que vendam a alma ao diabo, merecem o destino reservado para tais...

quarta-feira, 18 de março de 2015

Tempestades da Vida

Já perceberam como é refrescante o sol da manhã após uma noite inteira de intensa chuva? O ar está mais leve e há pairando uma sensação de renovação da vida. O temor e a tristeza da noite conturbada se desvaneceu pela manhã e a alegria retornou rejuvenescida.

Ainda que houvesse o temor da tempestade, ela, na escuridão da noite em meio de muita água, trovões apavorantes e raios, trabalhou secretamente para purificar nossa vida e nos proporcionar o novo e o renovo tão logo o sol tenha começado a despontar no horizonte.

sábado, 27 de abril de 2013

A Inteligência das Mãos



Por recomendações, estive assistindo o filme de 1974, 'In Praise of Hands', do diretor Donald Winkler da qual recomendo a todos que se interessam por cultura e conhecimento profundos, ou seja, que se importam não com aquela cultura leviana que se detém somente nas aparências. Contudo, o que irei discorrer aqui, pode também ser de interesse para os que possuem uma inteligência lógica e científica - já que existem várias inteligências.

Pois bem, com o advento da indústria a partir do Século XVIII e especialmente mais acelerado na primeira metade do Século XX, gradativamente, o ser humano foi perdendo seu reconhecimento da inteligência que as mãos possuem. Chegamos hoje na condição de o trabalho com as mão ser desvalorizado e rotulado de habilidade que não necessita de capacitações específicas. Isto vem ocorrendo pelo motivo do trabalho virtual da mente ser privilegiado  Mas seria esta maneira de ver os fatos toda a verdade por detrás das aparências? Creio que esta maneira simplista de se referir ao trabalho manual, não deveria ser um padrão, até porque é ela quem move o mundo.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Uma Ponte para uma Estrada


Você já precisou ir para algum lugar sem conhecer o caminho? A sensação é de ansiedade, ficamos preocupados, andamos abaixo da velocidade que normalmente costumamos andar por caminhos conhecidos, queremos ler todas as placas que aparecem para nos certificar da rota e muitos outros meios mais usamos para chegar ao destino. Teríamos que ser doidos para nos conduzir a revelia. Contudo, por mais complexo que seja o caminho, passado a ansiedade da primeira viagem, sentimos cada vez mais segurança ao percorrermos a mesma rota em outras oportunidades.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Verdadeira Devoção à Nossa Senhora - I

Com o grande avanço das seitas evangélicas com suas teologias fracas, porém, devastadoras da já tão enfraquecida fé de muitos, são poucos aqueles que realmente conseguem entender a plenitude do papel de Nossa Senhora para nossa salvação, da qual Deus planejou desde tempos remotos (Is 7,14; Gn 3,15). Desta forma, darei aqui minha modesta, porém abalizada colaboração à Igreja única de Cristo para tentar desfazer possíveis estragos causados por aqueles que, quer por ignorância invencível, quer intencionalmente tenha causado na fé de muitos segundo o assunto aqui proposto.